PontoCom PontoCommerce
Facebook Instagram Google+ LinkedIn

Os 7 erros de SEO para e-commerce que você não deve cometer

Email

Conheça os principais erros de SEO (Search Engine Optimization) comuns praticados no e-commerce e saiba o que você deve fazer para que sua loja virtual seja encontrada nas primeiras páginas do Google.

1) A plataforma de e-commerce

A escolha da plataforma que sua loja virtual está hospedada é fundamental para o sucesso das vendas. Esta, não só pelas funcionalidades, mas principalmente pela customização de títulos, descrição, URLs, SEO, processos de compra, enfim, cada negócio tem características diferentes e formas de trabalho que precisam ser adaptadas. Caso contrário, as restrições de uma plataforma ruim irão impactar diretamente na perda de receita e clientes.

Faça uma lista dos diferenciais da sua loja virtual, pontos fortes e fracos de seus concorrentes. Pense nas necessidades do seu negócio, formato de venda e nas possibilidades que você espera de uma plataforma de e-commerce. Quer uma dica? O Magento é a plataforma open source que mais cresce no mercado, mais completa e totalmente customizável. Marcas como Nike, Samsung, Nokia e Ford utilizam para distribuir seus produtos e criar relacionamento com seus clientes.

2) Não duplique conteúdo

Esta é uma falha bastante comum entre os varejistas, pois muitas vezes é preciso cadastrar diversos produtos e acaba ficando mais fácil copiar descrições de outros sites, ou também por questões de tempo e prazos.

A duplicação de conteúdo usado em outras páginas é prejudicial para a relevância do seu site nos mecanismos de busca. Isto acontece porque o Google entende que a descrição da sua página é uma cópia de outra já existente, sendo assim, ele irá penalizar a sua loja por entender que ela é menos relevante que seus concorrentes.

Portanto, cada página deve ter um título único para que obtenha uma boa posição nos resultados dos buscadores. Produza conteúdos exclusivos, não copie descrições prontas em outros sites e descubra um diferencial relevante que seus concorrentes não tenham.

3) Escolha as palavras chave relevantes

A busca por palavras chave é o carro-chefe do SEO para e-commerce, pois este fator esta diretamente ligado ao desempenho de visitas por sites de busca, como Google, Yahoo, Bing entre outros. Além disto, é preciso acompanhar as palavras chave escolhidas e monitorar as tendências dos termos escolhidos para possíveis ajustes e assuntos mais relevantes no seu site. Pesquise na ferramenta de palavras chave do Google e também no Google Trends.

4) Cuidado com descrição da página e erros de português

Parece óbvio, mas vemos muitos erros de gramática, digitação, repetições de palavras e descrições mal feitas nos sites. Além de promover uma imagem ruim e um certo “amadorismo” da sua loja virtual, os buscadores não encontrarão seu site, uma vez que eles procuram por termos indexados escritos corretamente. A solução? Revise periodicamente o conteúdo do seu site , saiba quais são as palavras chave que remetem ao seu produto e twoftbonus evite utilizar termos técnicos e específicos na descrição.

5) Faça divisão por categorias

Estas categorias podem ser divididas em palavras específicas, segmentando cada tipo de produto. Além de promover um aspecto visual mais organizado para sua loja virtual, esta técnica é muito importante para o SEO.

6) Obtenha comentários e avaliações

Dê mais visibilidade e credibilidade a sua marca, permitindo que seus clientes avaliem, deixem comentários e indiquem aos amigos os produtos da sua empresa. Paralelo a isto, você lojista terá um feedback dos seus clientes, poderá estreitar o relacionamento desses com sua marca e identificar pontos fortes e falhas que eventualmente poderão ocorrer no seu e-commerce. Desta forma sua página automaticamente estará sempre atualizada com novos conteúdos, seus clientes passarão mais tempo no seu site, poderão avaliar produtos, compartilhar opiniões com outras pessoas, ações que colaboram muito para a relevância do seu e-commerce nos buscadores do Google.

7) Utilize URLs amigáveis.

Outro fator importante para uma boa posição do seu site nos mecanismos de busca é o que chamamos de “url amigáveis”. Como sabemos, o Google faz uma “leitura” do seu site, ligando o que o usuário digita nos buscadores e os resultados mais relevantes com relação a palavra chave. Veja um exemplo de uma url amigável:

www.minhaloja.com.br/nomedacategoria/nomedoproduto

Agora veja a diferença para uma url não amigável

www.minhaloja.com.br/2xjDwhUo8-TdWkVopyH.html

Portanto, as páginas com urls amigáveis contribuem para que o usuário compreenda o conteúdo da página, consiga ter ideia do que vai encontrar na página, facilita a leitura e contribui para que seu site seja encontrado pelos buscadores.

Conclusão: Monitore seu site freqüentemente, busque pela melhor plataforma de e-commerce para o seu negócio e principalmente, inove! Todas essas técnicas bem trabalhadas irão contribuir para que sua loja virtual esteja na tão desejada primeira página do Google. Ainda está com dúvidas? Quer rentabilizar mais sua loja virtual? Conte com a equipe da Pontocommerce e conheça nossas soluções.

Boas vendas!

Email
linha

Tags: